Protesto de caminhoneiros em Paulínia pode desabastecer postos em Salto

Movimento maior que o normal para 5ª feira de manhã é verificado nos postos em Salto
Movimento maior que o normal para 5ª feira de manhã é verificado nos postos em Salto

O protesto de caminhoneiros favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro e contrários aos ministros do STF, em pelo menos 15 estados, tem atingido o centro regional de venda de combustíveis em Paulínia e postos locais temem o desabastecimento nas próximas horas. O presidente tem pedido aos protestantes que suspendam os bloqueios para evitar desabastecimento e piora da economia. Veja mais na edição impressa.

 

 

1.9k visualizações

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM