De varredor de rua a dançarino de break e maquiador

  • Post author:
Flávio superou tragédia vivida na infância e hoje atua no segmento de beleza
Flávio superou tragédia vivida na infância e hoje atua no segmento de beleza

A infância trágica de Flavio Damasceno dos Santos, 40, não impediu que ele superasse os obstáculos, contando com o poder transformador do mundo das artes.
“Vi matarem meu pai e ainda me deram 2 tiros na cabeça. Fiquei hospitalizado por um mês, depois disso minha mãe, Maria das Dores Damasceno, me educou e me ensinou tudo. Ter sido criado por uma grande mulher é o que me fez homem”, afirma.
Depois desse triste episódio, veio morar em Salto/SP, onde a dança de break passou a fazer parte da sua vida, ajudando-o a trilhar um novo caminho, participando inclusive do quadro “Se Vira nos 30” do programa do Faustão.
No dia da apresentação, enquanto aguardava nos camarins, descobriu sua nova vocação, a de maquiador. Após concluir os cursos de Maquiagem e Designer de Sobrancelhas, atualmente integra uma equipe de beleza especializada em casamentos, aniversários e formaturas.
Flavio, que já trabalhou de varredor de rua e coletor de lixos na cidade de Sorocaba/SP, está fazendo o curso de Cabeleireiro e seu sonho é viver somente do segmento da beleza.
(reportagem completa na edição impressa do Jornal Taperá)

1.5k visualizações

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM